AMP 2016


Local do Congresso

Abril no Rio de Janeiro




Se a psicanálise nos incita ao encontro com a surpresa e a emergência do novo, não seria diferente com relação ao que se propõe a Comissão de Acolhimento do X Congresso da AMP.


Acolher, hospedar, festejar, apresentando a cidade que sediará o X Congresso é nossa proposta. Desde já estamos criando os meios para acolher no Rio de Janeiro, colegas que, movidos um a um pela causa analítica e enlaçados pela orientação lacaniana da AMP, virão de 14 diferentes países em abril de 2016.


Pretendemos desde a chegada, incluindo os intervalos e pausas do Congresso, apresentar o Rio em sua diversidade cultural, artística e paisagística, além de produzir eventos em conexão ao tema que orientará o trabalho epistêmico do X Congresso da AMP. Colocaremos em marcha um GPS para apresentar roteiros, indicar caminhos a conhecer e serem explorados.


A partir de agora, lançamos um convite para cada um se envolver nesse tour que os levará a entrar em contato com as imagens da cidade, pontos turísticos, prédios históricos; diferentes ritmos e sons da música brasileira; conhecer diferentes grupos que emprestam seus corpos para produzirem inusitados jogos de imagens, movimentos e textos, seja na dança, no teatro, ou performances diversas; experimentar os sabores da culinária; andar pela cidade onde se misturam corpos que se deslocam nas ruas, nas praias, nas pistas de dança, em previsíveis e imprevisíveis lugares. Buscaremos contribuir para que nos meandros dos roteiros a serem inventados e percorridos nessa cidade emoldurada pelo mar e montanhas e que em 2016 completará 451 anos, se produzam novos rumos para a psicanálise do século XXI.


Em breve enviaremos informes sobre hospedagem e passagem aérea, além de notícias das três subcomissões que compõem a comissão de acolhimento: festa, eventos e turismo.


Até breve e aquele abraço!



Maria da Glória Rocha Maron






Top